Copa do Mundo de Tiro Esportivo começa hoje

Campeonatos Sem categoria Tiro Esportivo

Competição em Deodoro reunirá cerca de 700 atletas no Centro Nacional de Tiro Esportivo. Última vaga da equipe olímpica brasileira está em jogo.

O maior evento-teste para os Jogos Olímpicos Rio 2016 começa nesta sexta-feira (15.04). O Centro Nacional de Tiro Esportivo, no Parque Olímpico de Deodoro, recebe a Copa do Mundo de Tiro Esportivo, com cerca de 700 atletas de quase 90 países para a disputa das 15 provas nas três categorias da modalidade: carabina, pistola e tiro ao prato.

A competição integra o calendário da Federação Internacional de Tiro Esportivo e conta pontos para o ranking mundial. Por não ser aberto ao público, não haverá venda de ingressos. Neste primeiro dia, serão realizadas as preliminares da prova de fossa olímpica do tiro ao prato, no masculino quanto no feminino.

O Centro Nacional de Tiro Esportivo foi construído em 2007 para os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. Com 50 mil metros quadrados e estandes para todas as provas dos programas olímpico e paralímpico, a instalação passou por reforma e ampliação para 2016, com investimento federal de R$ 38,3 milhões.

e283c5c7-0282-4a6d-84e5-f37d3d1b05ad

Estrutura do Centro Nacional de Tiro Esportivo, que passará por evento-teste de 14 a 25 de abril.

A equipe brasileira contará com 29 homens e 14 mulheres, com pelo menos um representante em cada uma das 15 provas olímpicas. Desse total, 33 atletas contam com apoio do Ministério do Esporte por meio da Bolsa Atleta.

A Copa do Mundo servirá para a definição da última das nove vagas do Brasil nos Jogos Olímpicos. Bruno Heck (carabina) e Julio Almeida (pistola) têm pontuações semelhantes no ranking da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE). Os pontos do torneio se somarão aos já conquistados por eles em campeonatos anteriores e decidirão quem volta ao estande em agosto para disputar os Jogos.

Os brasileiros já classificados para as Olimpíadas são Cassio Rippel (carabina deitado), Felipe Wu (pistola de ar); Daniela Carraro (tiro ao prato), Janice Teixeira (tiro ao prato), Renato Portella (tiro ao prato), Roberto Schmits (tiro ao prato), Emerson Duarte (pistola) e Rosane Budag (carabina).

A principal esperança de medalha verde-e-amarela é o paulista Felipe Wu. Medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015, ele conquistou a última etapa da Copa do Mundo, em março de 2016, na Tailândia, e alcançou o topo do ranking mundial na pistola de ar 10m.

O tiro esportivo foi a modalidade que deu as primeiras medalhas olímpicas ao Brasil. Em 1920, na Antuérpia, Guilherme Paraense conquistou o ouro, Afrânio Costa obteve prata e a equipe ficou com um bronze.

Medalhistas olímpicos

Dos 700 participantes da Copa do Mundo de Tiro Esportivo, 50 atiradores já conquistaram medalhas olímpicas. Os destaques entre os atletas internacionais são o coreano Jin Jongoh, detentor de três ouros e duas pratas em Jogos Olímpicos, e os americanos Matthew Emmons (três medalhas olímpicas) e Vincent Hancock (atual bicampeão olímpico de skeet). Entre as mulheres, as americanas Kimberly Rhode e Corey Cogdell, a francesa Celine Goberville, a ucraniana Olena Kostevych e a italiana Jessica Rossi são as principais competidoras.

Provas em disputa na etapa carioca da Copa do Mundo de Tiro Esportivo

Masculino

Carabina de ar – 10m
Carabina deitado – 50m
Carabina 3 posições – 50m
Pistola de ar – 10m
Pistola de tiro rápido – 25m
Pistola 50m
Tiro ao prato – fossa olímpica
Tiro ao prato – fossa double
Tiro ao prato – skeet

Feminino

Carabina de ar 10m
Carabina 3 posições – 50m
Pistola de ar – 10m
Pistola – 25m
Tiro ao prato – fossa olímpica
Tiro ao prato – skeet

Copa do Mundo de Tiro Esportivo

15 a 24 de abril de 2016, no Centro Nacional de Tiro Esportivo
Av. Brasil, 26.196, Vila Militar de Deodoro, em frente à Arena da Juventude
Não haverá venda de ingressos e a presença de público será restrita a convidados e associados da CBTE

Fonte: Brasil 2016

Comentários

comentário(s)